Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Teste de Personalidade Psicológica

Imagem
Outro dia eu fiz uma postagem por aqui que se entitulava "Como namorar um INFP!", fiz porque eu ri, por que sou um INFP, por que me identifiquei e por que tenho uma namorada que eu queria que me conhecesse melhor.
  Mas o que diabos é um INFP? Um novo pokémon? Uma nova onda dessas de signos, horóscopos e coisa e tal? Magia negra? Voodoo? Feitiçaria? Nada disso! É uma das classificações tipológicas criadas por Myers Briggs baseada nos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung (agora o bagulho ficou sério!).

Regras para Namorar um INFP

Imagem
Boa tarde, boa tarde! Já deu pra perceber que eu to deixando o blog mais pessoal né? Então, hoje eu vim aqui falar sobre um artigo que achei pela internet e me chamou a atenção: "Rules to Date an INFP" ou Regras para Namorar um INFP... Mas o que diabos é um INFP? Eu sou um INFP (e você talvez também seja!)

 INFP é o meu resultado num teste de personalidade psicológica criado com base nas pesquisas de tipos de personalidade de Myers-Briggs (doidera hein?). Cada letra significa uma das minhas características que me definem: Introvertion iNtuition Feeling Perception (Introversão, Intuição, Sentimento e Percepção). Quem me conheceu já percebeu que isso é batante a minha cara... :)

Não, dublado não, por favor!

Imagem
Fui eu lá felizão relaxar após estudos e ver aquele filme oriental sádico de samurais assassinos com muito sangue jorrante que tinha baixado e deixei pra ver em momentos propícios como esse... E o filme não tem áudio original (japonês), é dublado em inglês. Ah! Como eu odeio dublagens!
Agora o jeito é ver assim mesmo, não vou baixar de novo não. Malditos americanos...

Eu Li - Os Livros da Magia

Imagem
Oi, boa tarde a todos nesse domingo tranquilo e refrescante. Hoje vou aproveitar um pouco do meu espaço pra falar sobre "Os Livros da Magia", que adquiri recentemente (depois de anos querendo ler). Essa é uma série de Graphic Novels (histórias em quadrinhos com temática séria e adulta, mas ainda muitas vezes fantasiosa) escritas por Neil Gaiman, um verdadeiro contador de histórias da era contemporânea.

 Timothy Hunter é um garoto de 12 anos, inglês, magricela, usa óculos e que tem grande potencial para a arte da magia. Soou familiar? Pois bem, seria um plágio de Harry Potter se Os Livros da Magia não tivesse sido lançado em 1990! E Harry Potter seria um plágio à história de Neil Gaiman se as semelhanças não se contivessem apenas na aparência dos personagens principais, pois é exatamente aí que elas terminam. Ambas as histórias são completamente diferentes.

Desabafo Aleatório

Imagem
Dei uma brochada com a faculdade. Dei mesmo, não nego não. Nem é que ta difícil, se eu me aplicar fica moleza... Só perdi o gosto pelo curso. Não sei dizer, falta algo. Algo que só encontro na escrita, ou no RPG, ou nos video games! Falta paixão, isso sim...
 Mas continuo aqui me esforçando como posso, já cheguei até aqui, não vou abrir mão. Sou cabeça dura... e isso até que é bom. Se eu não fosse já teria desistido de muito mais coisa há muito tempo...

Relatos do Vento - O Menino

Imagem
Nome: Lúcio Idade quando o evento foi presenciado: 23.
 Não é difícil contar essa história, ela é mais comum do que parece, todo mundo que viveu já teve momentos assim. O trabalho não ia bem, provavelmente ia ser demitido logo, a faculdade apesar de quase terminando parecia apenas se prolongar mais, estava preso num relacionamento desgastante e complicado com uma pessoa extremamente egoísta... Resumindo, as coisas não iam nada bem.

Os Cantos das Encruzilhadas

Imagem
Era um dia chato para ela, nem triste nem feliz, só chato mesmo. Estava meio cansada das coisas da vida, dos problemas e incertezas da vida.  - Em cada canto uma encruzilhada. Haja cabeça pra aguentar!

Pequenas Crônicas - Meu amor é louco...

Imagem
Já cansei de tentar entender ele, tanto que já até deixei de tentar. Entender pra que? Amor é amor, se não se entende só o que resta é amar...

A Fruta

Imagem
O menino tinha acabado de comprar uma tangerina, pedira dinheiro pra mãe e passou rapidamente pela feira para comprar apenas uma delas e saciar seu desejo. Agora ela era dele e finalmente poderia matar sua vontade inquieta de saciá-la.


Juvia

Imagem
A pequena chama azul tremeluzia e estalava enquanto sorvia o pouco que havia daqueles tortos galhos rubros para alimentá-la. A cada segundo ela diminuía mais, fraquejava e estremecia sob o vento frio, então sorvia mais do que restava da madeira seca e sangrenta para viver segundos mais.

Talvez...

Imagem
... e apenas talvez... eu volte a postar uma coisa ou outra por aqui.
 Não sei se serei lido, sei que minha "magia" deu um tempo. Também sei que tenho vivido, porém vivido sem lamento. Sei também que sinto saudades das coisas de outrora, por isso estou aqui anunciando uma possível volta. :)