Em busca de sonhos...

Resolvi ficar uns dias sem postar, tenho pensado e repensado tanto na vida quanto no que eu poderia colocar por aqui e não tenho tido muita idéia do que escrever... até ontem.

Ontem eu estava fuçando minha conta no site do "Recanto das Letras" e vendo se tinha algum escrito que eu deixei de por lá, fui ver se tinha recebido mais comentários e lá estava mais uns dois comentários no escrito "Pequenas Crônicas - Sonhos".

Esclarecendo que em 2009 eu tinha começado uma espécie de projeto solitário que eu nomeei de "Pequenas Crônicas de um Escritor Amador", nome vasto e carismático. As crônicas raro passavam de 4 parágrafos curtos de no máximo 4 linhas cada (alguns tinham muito menos que isso) e contavam com reflexões bobas do dia a dia. Nenhuma das "pequenas crônicas" tinham título, no lugar disso o que as distinguiam era a data de quando eu tive a idéia pra "pequena crônica".

Escrevi por um ou dois meses dias sim e dias não até que a inspiração cessou (ou meu ânimo foi pro saco), pra não ficar com a coisa empacada eu diminui o título apenas pra "Pequenas Crônicas" acrescentei um título pra cada crônica separada e dei uma relida pra melhorar os textos. Então... a "pequena crônica" que recebeu o título de "Sonhos" estava lá... Recebendo muitos comentários... Nenhum deles de membros registrados no Recanto.

Eu sou inegavelmente paranóico, a mistura disso com a descrença na minha arte fez com que a minha primeira reação fosse: "Acho que tem alguém brincando comigo.". Sei que eu deveria ter dado um pouco de crédito a mim mesmo, mas minha paranóia é das grandes e sei que tenho umas amizades deturpadas que adorariam "mecher" comigo, seja pra bem (tentando aumentar minha auto-estima) ou pra mal (mandando comentários tão simples que quase soam irônicos, uma das coisas que alimentou mais ainda minha paranóia)...

Então a luz da razão bateu na minha cabeça e pensei: "Será que esse textinho bobo podia estar sendo tão lido assim?", nesse pensamento me lembrei de que você pode ver o número de leituras (visitas) que um texto seu já recebeu... Fucei procurando o link do texto, o achei e me espantei: 4729 leituras, sendo assim meu texto mais lido... (e hoje mesmo vi um novo comentário aleatório)


O curioso é que ultimamente eu tenho lido muito sobre aqui, ali e acolá sobre sonhos e ao reler essa "pequena crônica" eu repensei as verdades deles e da condição humana de sempre sonhar e correr atrás de suas ambições...

Independente, o que mais levantou minha curiosidade é de como será que eles acham essa minha crônica específica. Utilizei o campo de busca do Recanto e até usei o Google, procurei apenas as palavras "crônicas sonhos" tentando usar palavras mais comuns e simples de busca (também tentei as mesmas palavras no singular). Com a busca do recanto o sucesso não foi grande, mas qual minha surpresa ao ver que logo o segundo link era exatamente o do meu texto? Mistério resolvido.

Bom, é isso. Sem ter muito o que postar apenas resolvi desabafar essa breve saga minha sobre um tolo mistério envolvendo humanos e seus sonhos. Até mesmo aqui nesse mundinho virtual buscamos por sonhos onde quer que possamos encontrar, seja com ajuda de Deus... ou do Google.

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Oi, eu sou um INFP...

Juvia