Pequenas Crônicas - Era uma vez...

... uma história que chegou ao fim, como tudo aquilo que existe tem seu fim.

Seria esse fim realmente um fim verdadeiro? O fim de uma história não dá brechas para o princípio de outras? Mesmo a morte, que é o possível fim definitivo de tudo, deixa ganchos para uma continuação indireta, seja com filhos, amigos ou projetos continuados até mesmo por desconhecidos.

O fim não é um fim verdadeiro. É só um intervalo. Enquanto isso assistimos os comerciais e vamos pegar mais besteiras pra comer até que a próxima programação comece.

(Parei de escrever as Pequenas Crônicas na ordem que tava, acabei de pensar nessa e resolvi postar, to pensando em criar um blog só pras Pequenas Crônicas. x)

PS: Alguém percebeu que eu mudei o subtítulo do blog? Ou que eu adicionei uma página de "Quintanares"? Duvido!

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Juvia

Oi, eu sou um INFP...