Pequenas Crônicas - Era uma vez...

... uma história que chegou ao fim, como tudo aquilo que existe tem seu fim.

Seria esse fim realmente um fim verdadeiro? O fim de uma história não dá brechas para o princípio de outras? Mesmo a morte, que é o possível fim definitivo de tudo, deixa ganchos para uma continuação indireta, seja com filhos, amigos ou projetos continuados até mesmo por desconhecidos.

O fim não é um fim verdadeiro. É só um intervalo. Enquanto isso assistimos os comerciais e vamos pegar mais besteiras pra comer até que a próxima programação comece.

(Parei de escrever as Pequenas Crônicas na ordem que tava, acabei de pensar nessa e resolvi postar, to pensando em criar um blog só pras Pequenas Crônicas. x)

PS: Alguém percebeu que eu mudei o subtítulo do blog? Ou que eu adicionei uma página de "Quintanares"? Duvido!

Comentários

  1. Então não existe fim? Ou o fim é a porta para um novo início?
    Dúvidas cruéis kkkkk x)

    Gostei da nova página "Quintanares"! ^^

    ResponderExcluir
  2. Poxa, não vou mentir... Fui no Quintanares depois que li seu lembrete. E o subtítulo, um tanto extremado, mas esse é o jeito Fie Cruz de ser...

    Renato Russo disse: "E depois do começo o que vier vai começar a ser o fim"... Sabe lá, né?

    Saudades daqui.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Haja limbos, reencarnações e cegonhas para tantas vidas nossas!!!!

    Olá Mago Fie!

    Acho, e isso não quer dizer certeza, que gostamos das coisas que derretem e que são fortes....

    É sempre um prazer quando venho aqui e encontro pensamentos como estes, da maneira como fala.

    Diga-me, companheiro, tem também a vontade, assim como eu, de matar um poeta??


    Um grande abraço, cara...

    ResponderExcluir
  4. Que bem colocado isso Fe, até a morte deixa ganchos para uma continuação...
    Eu nao vinha ler os contos porque nao curto muito e geralmente sao muito longos, e a falta de tempo anda batendo na minha porta.
    Como fazia tempo nao vinha aqui, nao tinha lido nao a mudança que disse e nem Quintanares. Adoro ele e tenho gostado muito de Rubem Alves também, muito bom!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Você sonhou comigo? *-*
    Que legal!!! Pena que eu não ti reconheci no sonho hahaha Se fosse realidade eu teria desconfiado que conhecia de algum lugar, afinal eu reparo nos pequenos detalhes e um olho "bisbilhoteiro" é um detalhe e tanto. x)

    Ah, não se preocupe. Eu não esqueço dos meus amigos, o meu medo é que eles me esqueçam.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Oi, eu sou um INFP...

Biblioteca do Caos