Pequenas Crônicas - Sonhos

8 de Agosto de 2009

Hoje foi mais um dia cheio de sonhos. Certas vezes, quando acordo e não tenho nenhum compromisso de importância no dia, continuo deitado na minha cama por algum tempo sonhando acordado.

Penso em familiares, pessoas queridas, pessoas desconhecidas, morte, vida, agora, ontem e amanhã... Coisas que já aconteceram, momentos que ainda viverei e vidas que nunca vivi, que provavelmente também nunca nascerão. Como já disse antes, é de mim, acima de tudo, sonhar, pois sou um eterno sonhador.

Os sonhos são os últimos que morrem, pois a esperança é feita de sonhos.

(Edição: Cá está meu martírio... Só por que quis inserir um título simples como "Pequenas Crônicas - Sonhos" as duas palavras Crônicas e Sonhos quando pesquisadas no google acabam dando nessa minha Pequena Crônica que tem sido amplamente roubada por alunos preguiçosos quando seus professores passam como dever de casa uma crônica cujo tema seja "sonhos". Que fazer? Agora tenho uma "Pequena Crônica" perambulante por aí que muitos adotam por um dia ou dois e outros talvez por muito mais. Nem sonho com que a minha autoria esteja sendo mencionada... Que fazer? Agora esse pequeno texto está zanzando por aí, sem saber por onde vai ou como fica... E minha pouca essência depositada nele, será que está sendo bem entendida? Que fazer? Nada... Não importa quantos sejam aqueles que queiram se apossar desse meu filho, ele sempre saberá quem é seu verdadeiro pai...)

(Nota: Nada a declarar, a edição já fala por si... e isso tudo apenas aumenta meu desanimo. Mil perdões aos blogs do qual tenho me ausentado... Eu só... preciso dormir um pouco.)

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Oi, eu sou um INFP...

Juvia