Aquilo que matou o gato...

Olhares misteriosos.
Olhares de princesa
- de musa, puta, deusa.

Olhos profundos.
Olhos amendoados
de pardal em voo alçado.

Olha-me curiosa.
Olha-me com presteza;
me obrigando a devolvê-los
sem nenhuma sutileza.
----

PS: Poesia velha, fiz acho que tem dois ou três, só postando por que eu gosto e é pequena. Queria algo pequeno pra "quebrar" aquele conto enorme do último post. ^^

Curiosidade: O que me inspirou foi uma amiga não muito íntima pela qual eu tinha uma ou outra queda e que acredito que ela tinha quedas por mim também... Vivíamos trocando olhares, mas não era pra ser. ;p

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Oi, eu sou um INFP...

Biblioteca do Caos