Já disse que me odeio hoje? Aqui não, eu acho. Minha baixa auto estima deve ser meu maior problema. O modo como qualquer comentário negativo me afeta, como até a mais tola brincadeira vira motivo pra me odiar cada vez mais.

Por isso vou procurar um psicólogo. Queria poder dizer que o motivo é Tallita (depois vou falar dela com calma). Acho que ela foi só um "empurrão necessário".

Ah, foda-se. Vou falar dela agora. Tallita é uma garota que me fez muito bem até agora. Conheço ela há um mês e estou literalmente amando. Em todos os sentidos. Ela se entregou de corpo e alma e eu não resisto à entregas. :x

As vezes só fico pra baixo por conta das minhas próprias incertezas que comentei no começo desse texto. Não é que eu não confie nela. Eu não confio em mim. Eu não me amo. De fato, ME ODEIO. Acho que vou dar um passo errado, dizer uma coisa errada, cometer um deslize e ela não vai mais me amar. As vezes fico pra baixo com alguns comentários aleatórios dela, mas de novo, só espelham minha incerteza. Ela não faz nada de errado.

Quero muito que nossa relação dê certo, mas as vezes eu apenas me perco de mim mesmo. Preciso me motivar mais e animar mais também. É difícil. Não sei fazer essas coisas...

Ai ai...

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Oi, eu sou um INFP...

Biblioteca do Caos