Não consigo mais escrever como antes. Escrever sempre foi um ato de criação, hoje, um desabafo.

Às vezes penso em tentar metaforizar minhas dores e preocupações num conto ou mesmo poesia... mas não. Isso não é minha escrita de verdade. É uma bosta qualquer.

Odeio desabafos, mas as vezes não da pra conter, preciso desabafar mesmo que desabafe para o nada. Mentira, eu sei que tem ao menos duas pessoas que eu conheço que ainda vem aqui bisbilhotar.

Vou voltar a escrever desabafos no caderno, melhor que ninguém lê.

Até um dia.

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Juvia

Oi, eu sou um INFP...