Tratando o Pessimismo sendo Realista

Estou tentando resolver os meus defeitos (por que? não sei, mentira, sei e não quero falar, enfim). Primeiro passo é reconhecimento.

Eu sou depressivo. Não sei exatamente se tenho depressão e se tenho, qual nível seria, mas tenho uma tendência ao comportamento depressivo. Se paro pra pensar e analisar o mundo à minha volta, ressalto pontos negativos, vejo o pior de tudo, desanimo com qualquer plano e vou pelos caminhos mais fáceis.

E aqui vamos ao primeiro defeito que estou me esforçando pra mudar, o pessimismo. Afinal, reza a lenda que se você encarar as coisas de uma forma melhor, tudo tende a melhor.

Por que não ser otimista, então?

Tudo bem que uma pessoa pessimista pode acabar até mesmo desistindo de tentar várias coisas, ela vê que aquilo não vai dar resultado e nem se esforça...

Mas ser otimista pode atrapalhar muito também. Otimismo realmente é melhor que o pessimismo, a pessoa se dedica mais, se joga mais, se entrega à tarefa... Porém o otimismo pode cegar fazer com que uma pessoa veja luz no fim de um túnel que nem tem fim. Ela pode se esforçar demais para uma tarefa que realmente não trará nenhum resultado.

Sendo realista...
...você aceita que as coisas podem ter tanto um resultado ruim, quanto um resultado bom. Você se esforça sem se desgastar demais com aquilo, mas não se deixa cegar por uma vitória que ainda não foi obtida e aprende a se preparar para o pior.

Pois a vida é isso, tem coisas boas e ruins, situações que podem dar muito certo sem esforço ou muito errado apesar de tanta luta. Nós apenas precisamos estar preparados e saber ponderar o que realmente merece sua dedicação e seu esforço apesar de possíveis resultados.

Como ser realista?
Não apenas foque nas coisas boas ou ruins, pense que o melhor ou o pior pode acontecer. Não existe destino. A vida não está escrita em pedra. Qualquer coisa pode acontecer por que o caos rege o mundo e temos que aprender a "lidar" com ele.

Se arisque, mas apenas quando sabe que vale a pena se arriscar. Não se deixe levar apenas por certezas, achismos também podem se desenvolver numa situação totalmente agradável, apenas tome consciência de que nem todo final é feliz. É, Walt Disney era um baita de um otimista que ajudou a criar várias gerações de pessoas cegas (haha). Mesmo assim admiro a engenhosidade e esperança dele.

Não perca a esperança, mas não deixa que ela te guie sempre. Tenha medos, mas saiba como lidar com eles, não deixe que eles os domine nem fique cego para eles. Aprenda a respeitá-los e superá-los quando preciso.

Acima de tudo, olhe sempre pra frente, mas não deixe de olhar pra trás de vez em quando, o passado nos ensina com nossos erros, pare de ignorá-los por que lembrar deles dói. Entenda, onde, como e por que errou e tente de novo, dessa vez se esforçando mais e aplicando aquilo que você aprendeu. E se errar de novo, não tem problema. A vida é feita de erros, acertos e principalmente tentativas.

Comentários finais...
...acho que perdi um pouco no final. Deixei de falar de mim e abordei quase como um tema de auto-ajuda. Quando abordei sobre ser realista acho que também desviei e abordei umas temáticas um tanto diferentes, mas que também são aplicáveis. Vou deixar pra falar mais dessas temáticas na próxima postagem.

Até.

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Oi, eu sou um INFP...

Biblioteca do Caos