Xmas

 Chegou a data mais "eu" de todas. Por que "eu"? Por que às vezes eu acho que eu sou bipolar, e eta porrinha de data maldita que pode ser ao mesmo tempo muito boa e muito... blergh. E eu resolvi escrever algo sobre isso, por que eu sou assim, meio doente mesmo.

 Então, natal é isso mesmo, parentada reunindo, várias cabeças indo realizar desejos consumistas que seguraram durante o ano inteiro, amigos brigados se abraçando pra depois de meia-hora de porre brigar de novo, por que depois de certa idade tem que rolar porre e briga no natal pra suportar certas coisas que não da pra aturar sóbrio ou em paz.

 Daí a vida continua, o ciclo vicioso dessa maravilhosa data de horripilante capitalismo fraternal contagioso se fecha e se inicia novamente. Por que? Por que a sociedade é assim mesmo, acho. Essa coisa rotineira e retardada. Retardada sim, já que estamos comemorando o nascimento de cristo com cultura pagã, né?

 Então, feliz natal, era isso que eu tinha pra dizer, eu acho. E boa sorte com a parentada chata. A minha até que é bem boa. :)

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Oi, eu sou um INFP...

Biblioteca do Caos