Tradições natalinas...

 O natal é nada mais nada menos que um rodo de tradições culturais e religiosas mistas numa data rápida que talvez devesse durar mais. Eu amo e odeio o natal, acho que faz parte da mágica dele também. É uma das datas com maior índice de suicídio do ano. :)

 Hoje vou apenas abordar aqui apenas as minhas cinco principais tradições (incluindo as "impostas" pela minha família) nessa data.

Depressão
 Sim, isso é uma tradição minha, se eu não ficar deprimido no natal, não é natal.

Rabanada
 Essa é pra aplicar a tradição de cima, natal pra mim só começa depois da primeira mordida na primeira rabanada, e a depressão natalina começa a ir embora.

Amigo Oculto
 Isso é da família, sempre rola na minha casa e sempre sou obrigado a participar. É a vida.

Lalau Oculto (Rouba Amigo Oculto)
 Brincadeira nova da família, irmã do amigo oculto, mas divertida. Sem peso de obrigação em dar presente nem nada. Nem são presentes, são mais lembranças e cada um "disputa" o presente que quer roubando de quem está com o presente no momento. (confira as regras aqui, preguiça de explicar, mas ta bem parecido)

Pavê
 Por fim, o que faz com que eu esqueça e não dê a mínima pra qualquer coisa ruim que tenha acontecido durante o ano inteiro é o clássico pavê. Eu preciso comer pavê no natal pra poder sentir que o ano valeu a pena. Por que? Por que eu amo pavê e sou gordo em corpo e alma. :)

 Depois no dia 25 mesmo a família se reune de novo pra fazer o clássico "enterro dos ossos" e todo mundo debanda. Dia 26 (hoje) tudo volta a se encaminhar pro ano acabar de vez e todo mundo fazer votos pra no ano seguinte ser uma pesoa melhor, perder peso, se tornar mais saudável, procurar um emprego decente e etc e tal.

 Feliz natal de novo e tudo mais.

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para Namorar um INFP

Juvia

Oi, eu sou um INFP...